28 dezembro 2017

Um brinde as mulheres que nunca conheci

Quantas mulheres nós realmente conhecemos e sabemos a realidade de sua vida? A resposta é praticamente nenhuma, pois até as pessoas que você conhece chegam a te surpreender.
Hoje optei por tirar um momento para brindar a essas mulheres que nunca conheci, mas espero poder conhecê-las de maneira intima e profunda para somente assim não me afundar em pré-julgamentos.

Vou contar uma história: uma mulher renegava a uma das filhas dando preferência a outra e aparentemente durante toda a sua existência foi assim, isto também se aplicava as netas, uma convivia normalmente com a avó, enquanto a outra se sentia rejeitada.
Essa mulher passava por necessidades financeiras, já que seu marido não lhe ajudava com as contas da casa, para colocar fazer compras no mercado ela tinha que colocar combustível no carro dele, caso contrário dependia dos filhos, inclusive a que ela renegava.
Após muitos anos, descobriu-se que o marido estava com câncer, porém em um estágio que somente permitia medidas paliativas. A mulher passou a cuidar de seu marido, contudo em um determinado dia passou mal e foi internada, poucos dias depois faleceu.
Agora passaram aos filhos o cuidado para com este pai. Após o falecimento de mulher ele chegou a confidenciar que a esposa teria tentado matá-lo e inclusive havia rasgado todas as fotos deles juntos, somente sobrando ela. Entretanto, com a convivência, os filhos começaram a notar que este pregava pela desunião da família, queria que os filhos continuassem brigados uns com os outros, ia na casa de um e falava mal do outro e assim continuava.
Os filhos se uniram novamente, graças as pecuinhas do pai, no entanto isto os levou a se questionarem se a mãe era ruim ou se o pai possuía um dedo nisto, já que todos estavam enlouquecendo com as atitudes do pai. A cada dia, os filhos viam uma nova face do pai, uma mais podre que a outra, porém não tiveram a chance de ver uma nova face da mãe sem o seu pai ao lado.
Será que a mãe dessas crianças seria uma pessoa muito melhor sem esta pessoa ao lado? Será que toda a ruindade era dela, seria ela a vilã? Acredite, nunca iremos saber..



Existem diversas mulheres que podem estar em relacionamentos abusivos sem se darem conta, sendo chamadas de loucas ou forçadas a fazerem coisas que não fariam se tivessem a liberdade de escolha. Muitos de nós julgamos essas mulheres, mas esquecemos de reconhecer que elas são fortes por passarem diariamente por estas situações, não digo que estas devem se tornarem mártires por isto, entretanto não devemos chamá-las de fracas, já que não sabemos os motivos que as fazem ficar.
Então, vamos tirar o dia para fazer um brinde as mulheres que nunca conhecemos, mas esperamos ter a oportunidade de conhecer antes que seja tarde demais.
Não julgue, converse, tente entender os motivos das pessoas, deem abertura e não pré-julgamentos, talvez isso te dê a oportunidade de conhecer uma mulher que jamais conheceria.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

PÉSSIMA PESSOA
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL