29 maio 2018

Sobre amor e sobre(vivência).


Boys and Girls do meu coração, dia dos namorados chegando e como o tio Rafa é uma péssima pessoa (hã, hã, pegou o trocadilho?) eu não vou falar sobre relacionamentos perfeitos e utópicos, e sim vou abrir seu olho para o que você talvez possa estar vivendo: um relacionamento abusivo.
Amore, seu par perfeito não deixa você sair mais com suas amigas? Não deixa você por a roupa que você quiser? Não aceita você ter amizades do sexo que você se sente atraído(a)? AMIGX, CORRE! Estes são alguns sinais de relacionamento não tão saudável pra você e que apesar de não parecer no momento,  você não ficará feliz nele.


Mas, como saber se eu estou realmente em um relacionamento abusivo? Bom, se você teve que se perguntar você provavelmente está, mas caso você ainda tem duvidas ou está em negação, aqui temos algumas coisinhas pra te ajudar a descobrir:

(Escolham o gênero mais adequado pra vida de vocês)
-Ele te põe contra suas amigas ou não deixa mais sair com elas;
-Ele controla o tipo de roupa que você vai usar;
-Ele controla suas amizades;
-Ele te faz excluir pessoas do Facebook;
-Ele não te deixa sair sozinha;
-Ele te faz sentir menos do que é, ou te faz pensar que sempre está errada;
-Você sempre pede desculpas mesmo estando certa;
-Rola aquela chantagem emocional básica de alguma forma;
-Ele fala que você nunca vai achar alguém tão bom quanto ele, que você tem que agradecer por estar com ele porque ele é lindo e perfeito;
-Ele menospreza suas aquisições ou fica triste por você ter conquistado algo e ele não, ou de você ter sido elogiada e ele não;
-Ele enaltece suas falhas e erros falando que se você fosse boa mesmo teria passado em tal exame ou conseguido tal coisa;
-Ele te faz inferior a ele;
-Ele faz algo tenso e jura que não vai fazer de novo, mas você sabe que vai;
-Ele mente pra você;
-Ele mente pra você MESMO você sabendo a verdade;
-Ele força o coito (famigerado sexo) mesmo você não querendo em tal momento;
-Ele te agride e fala que é de brincadeira;
-Ele te agride real;
-Ele te maltrata ou te irrita e alega “gostar de te ver brava”;
-Ele te manipula a ponto de fazer você achar que todos os erros são seus;
-Ele tenta controlar todos os aspectos da sua vida;
-Você deixou de ser uma pessoa alegre e se encontra mais da metade do tempo de forma depressiva, culpada, com medo, triste ou chorando;
-Você simplesmente não é mais você mesma.
Bom amiga, se você se identificou com essas coisinhas, só corre meu bem... corre porque é problema na certa.
Muitas vezes nós não sabemos que estamos dentro de um relacionamento abusivo, ou apenas não queremos aceitar; ficamos cegos e criamos uma dependência emocional nada saudável, como se fosse um vício mesmo, você fica irracional e age da mesma forma. Então a primeira coisa que você tem a fazer é identificar se você está em relacionamento desses e ACEITAR tal fato.
Tio Rafa, é difícil sair de um relacionamento abusivo? É! É muito difícil, mas você não pode se deixar abater por dificuldades momentâneas, tem que botar a cabeça pra cima e por um basta nisso! Primeiramente você não precisa de ninguém pra ser feliz, muito menos alguém que te faz mal. Precisamos lembrar que um casal é composto por dois INDIVÍDUOS, os quais possuem vidas diferentes (podem estar seguindo o mesmo caminho, mas são vidas diferentes, tá gente? A gente não vive a vida do namorado, do amiguinho, da vizinha... bora viver a nossa e ser feliz) e antes de amar alguém, temos que aprender a nos amar, amar os nossos defeitos e nossas qualidades. Não podemos depositar toda a nossa felicidade em outra pessoa, alguém pode aumentar nossa felicidade mas não ser 100% da mesma em nossa vida.
Vai ser difícil terminar, vai ser difícil depois de terminar também. Você passará por um período de luto, o qual é muito importante você viver! Chore, esperneie, bota tudo pra fora e depois erga a cabeça e seja mais feliz do que nunca! Faça coisas pra você, comece uma atividade física que te traga felicidade, te empodere, aumente sua autoestima e te faça sentir bem com você mesma (como o pole dance, abordado em outra matéria escrita por mim mesmo). Existem bilhões de pessoas no mundo, você vai achar outro(a), e se não achar não tem problema, você é autossuficiente e não precisa de ninguém pra ser feliz, você é pessoa completa! Seja feliz!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

PÉSSIMA PESSOA
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL