18 setembro 2018

Brooklyn Nine Nine

Juro que "loucademia de polícia" nunca me atraiu como comédia. Sempre fui a exigente que ria das tiradas insanas dos filmes da franquia "bad boys" e "bater ou correr" mas, nunca escolhi uma comédia policial como primeira opção, geralmente dava preferência para séries investigativas mais sérias e de raciocínio mais elaborado (oi CSI sumida..). Porém, quando a gente cospe para cima cai na cabeça né? O mundo girou e estou aqui matando minha carência de séries novas com uma comédia fanfarrona de um distrito policial. 
Divulgação

Se gritar "pega ladrão" não sobra um personagem mentalmente equilibrado nessa série, todos são bem loucos cada um ao seu modo. Com qualidades, características e insanidades bem específicas os episódios curtos de nine nine conseguem ser melhores que muita série grande por ai, são em torno de 20 minutos de risadas sem fim com humor inteligente e ao mesmo tempo com entendimento rápido. Os nomes são um show a parte e refletem o comportamento de cada um deles, da recepcionista com cara de sociopata que interfere em qualquer lugar sem um pingo de noção de papel até o "macho alfa" que faz as vias de garotão rebelde sem lei que no fim parece ser ligado emocionalmente a todos os outros lutando pela aprovação constante..
Vale a pena, vale a maratona.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

PÉSSIMA PESSOA
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL