11 setembro 2018

Sierra Burgess is a Loser #Netflix

Queria tanto que esse filme tivesse saído durante a minha adolescência, mas fui moldada a ferro e fogo por "Mean Girls". Nada contra o citado aliás, mas, foi se o tempo em que o objetivo da comédia era que a pobre garota feia se tornasse rainha do baile humilhando quem sempre a rebaixou, o mundo mudou (ainda bem) e agora sabemos que podemos ser amigas, todas nós.
Sierra tem tanta coisa boa, que nem sei porque Insatiable precisou ser lançado (trago verdades aquilo foi rude), a forma como o filme de Sierra aborda as questões da juventude sobre aparência, amizade e até mesmo o amor é leve e ao mesmo tempo profunda causando uma reflexão saudável.

Divulgação
Sierra, a personagem principal, é incrível, inteligente, gentil, tem ótimos amigos e uma família moderna e antenada (salvo engano a mãe que é meio perdida com mundo real vivendo um eterno coathing) mas nossa protagonista está totalmente fora de algo grande e dominador, o padrão.
Um dia eu vou fazer um post em vídeo falando sobre como conseguiram colocar padrão até no povo alternativo, mas hoje o padrão que a netflix traz nesse filme é o tradicional mesmo: estético, popular, cruel. Como toda comédia feat filme americano adolescente o bullying aparece na cara dura mostrando que uma rainha de baile pode ser bem grossa, contudo mostra também o quão desregrada é a vida de uma valentona e como uma boa conversa pode terminar em uma amizade duradoura e libertadora.
Sierra se esconde atrás de uma líder de torcida, que por sua vez se esconde atrás da própria aparência vindo de uma casa desestruturada pelo sofrimento da mãe, o galã se esconde atrás do esteriótipo de jogador de futebol americano enquanto na verdade é um cara gentil em um mar de lama.
Vale a pena? Vale, filme para assistir com a família toda (alguns devem ser obrigados a ver isso) gerando debater na hora do jantar ou mesmo distração na hora do temido horário eleitoral.
Recomendo Sierra Burgess como vencedora do meu coração.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

PÉSSIMA PESSOA
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL